Desafiamos todos os promotores para o programa Festivais Acessíveis

Citação de Luís Araújo: "Desafiamos todos os promotores para o programa Festivais Acessíveis"

Apesar de muitos considerarem o Turismo Acessível como dirigido apenas a pessoas com mobilidade condicionada, na sua maioria em cadeira de rodas, na verdade, a acessibilidade significa dar resposta às necessidades das pessoas com qualquer tipo de limitação, permanente ou temporária. Afinal todos temos capacidades e necessidades diferentes ao longo da vida.

É com esta abordagem, mais abrangente e inclusiva, que o desenvolvimento do Turismo Acessível em Portugal faz todo o sentido: um destino turístico de excelência tem de estar preparado para todos os turistas, nacionais e estrangeiros, independentemente das limitações que possam ter. Para o Turismo de Portugal a melhoria das acessibilidades, em toda a cadeia de valor, é fundamental na qualificação da oferta turística e na diferenciação do destino Portugal face a destinos concorrentes. Não sendo apenas uma preocupação com a universalidade da fruição dos recursos, representa uma excelente oportunidade de negócio para os agentes turísticos.

O alinhamento com a Estratégia Turismo 2027 é claro, dado que esta aponta várias metas de sustentabilidade ambiental, económica e social, afirmando o propósito de Portugal, como destino turístico: receber bem todas as pessoas e respeitar as diferenças.

O Programa ALL FOR ALL do Turismo de Portugal integra um conjunto de iniciativas que visam sensibilizar, informar, capacitar e apoiar todos os agentes e entidades ligados à atividade turística. Continuamos a ter várias iniciativas em curso e em preparação, das quais salientamos o lançamento, em setembro de 2022, do Programa Festivais Acessíveis e do Prémio Festival +Acessível. Sendo também uma ação constante do Plano Turismo +Sustentável 20-23.

Temos vindo a registar com agrado um número crescente de equipamentos e eventos culturais com acessibilidade física e comunicacional, revelando o esforço e compromisso de municípios, entidades públicas e privadas em adequar a sua oferta a uma, cada vez maior, diversidade de públicos. Mas há ainda muito para fazer.

Programa Festivais Acessíveisdesenvolvido pelo Turismo de Portugal em parceria com o Instituto Nacional para a Reabilitação, procura incrementar, diversificar e promover a oferta cultural acessível em todo o território. Assim, iremos distinguir as práticas inclusivas implementadas em Festivais nas áreas das artes de rua, artes performativas, artes plásticas, cinema, dança, literatura, música e teatro.

Está prevista, ainda, a atribuição anual do Prémio “Festival + Acessível”, que pretende distinguir o evento mais acessível do conjunto dos Festivais que se candidatam em cada ano.

A construção de um destino turístico coeso, inclusivo e sustentável, que permita o enriquecimento pessoal e cultural de todos, deve ser um compromisso comum dos múltiplos intervenientes do setor.

Reunidos em torno deste objetivo, desafiamos os promotores de Festivais nacionais, na área da cultura, a candidatarem-se a este Programa, apresentando as suas melhores práticas e afirmando, também, o seu propósito de acolher bem todas as pessoas.

Luís Araújo
Presidente do Turismo de Portugal

Luis Araújo, Presidente do Turismo de Portugal desde Fevereiro de 2016. É também Presidente da ETC – European Travel Commission desde setembro de 2020 e Presidente do NEST – Centro de Inovação Turística em Portugal. Licenciado em Direito, foi membro do Conselho de Administração do Grupo Pestana, responsável pelas operações hoteleiras da América Hispânica, com hotéis na Argentina, Venezuela, Colômbia, Cuba e Uruguai, e pelo desenvolvimento do Grupo no mesmo continente. De 2005 a 2007 foi Chefe do Gabinete do Secretario de Estado do Turismo no XVII Governo Constitucional; Entre 2001 e 2005 foi membro do Conselho de Administração e Vice-Presidente na América do Sul, responsável pela área de desenvolvimento e operações na sucursal do Grupo Pestana no Brasil.


Amplificador

Accessible Travel Chile – Torres del Paine

Com os seus lagos esmeralda, picos cobertos de neve, e glaciares azuis, o parque nacional Torres del Paine testemunha a primeira expedição com uma cadeira de rodas e uma equipa surpreendente. Desde então Wheel the World moveu-se para tornar o mundo acessível para explorar sem limites. 

Clipping

Destaques sobre deficiência, comunidade Surda e inclusão nos media. 

Expresso: “Desapareceram 700 mil pessoas com deficiência ou incapacidade dos Censos 2021” por Tiago Fortuna

Artigo completo aqui

A forma como os censos foram conduzidos ainda é um resquício de domínio da maioria silenciosa. Precisamos de continuar a combater estas correntes e, na questão fundamental dos dados, investir num estudo de caracterização desta população.”


Agenda

Eventos com acessibilidade física, legendagem, Língua Gestual Portuguesa e Audiodescrição. 


Netflix 

Destaque: A plataforma de serviços de streamingNetflix Portugal tem recursos e ferramentas de acessibilidade. Há funcionalidades de acessibilidade disponíveis para ajudar pessoas com necessidades específicas auditivas, visuais ou de mobilidade física como sistemas de audição assistida, audiodescrição ou controlos de luminosidade. Algumas sugestões:

– Glass Onion – O célebre detective Benoit Blanc viaja até à Grécia para desvendar um mistério que rodeia um multimilionário da tecnologia e o seu eclético grupo de amigos. Com interpretações de Daniel Craig, Edward Norton e Janelle Monáe.

– Lupin – Inspirado pelas aventuras de Arsène Lupin, o ladrão de casaca Assane Diop está decidido a vingar o pai por uma injustiça cometida por uma família abastada. Com interpretações de Omar Sy,Ludivine Sagnier e Clotilde Hesme.

Consultar lista de todos os conteúdos na Netflix com audiodescrição.

Acessibilidade: Sessões com audiodescrição e Língua Gestual Portuguesa. 


Mais sugestões em www.cultura-acessivel.pt

Scroll to Top
Skip to content